A casa mais cara à venda nos EUA custa 235 milhões e inclui carros de luxo e helicóptero

Está situada em Bel-Air, um dos bairros mais exclusivos de Los Angeles (Califórnia), e está à venda por 250 milhões de dólares (235 milhões de euros). É, portanto, a casa mais cara à venda nos EUA. O futuro proprietário, além de “herdar” um espetacular palácio com quatro andares – e com 3.500 m2 –, ficará na posse de uma coleção de carros de luxo, avaliada em cerca de 30 milhões de dólares (28 milhões de euros), e de um helicóptero.

Além destes luxos, o “sortudo” e endinheirado que decidir comprar esta mansão será detentor, entre outros luxos, de uma coleção de 130 obras de obras de arte e de duas adegas recheadas com garrafas de vinho e de champanhe, escreve o Los Angeles Times.

 

Segundo a publicação, a casa, que pertencia a uma antiga estrela da NFL, Michael Strahan, tem 12 quartos, 21 casas de banho, três cozinhas, uma fantástica piscina de horizonte infinito com bar, uma pista de bowling e uma sala de cinema com 40 lugares.

De referir que a mansão foi construída por Bruce Makowsky (BAM Luxury Development), um empresário já especializado na construção de mega mansões. “[A casa] já tem tudo. Nem sequer é preciso uma escova de dentes”, disse, citado pela publicação.